ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Serviços Urbanos e infraestrutura

Adoção de Cavalos: na 5ª edição do projeto 13 animais ganham um novo lar

Após período de cuidados na Hospedaria Municipal, equinos foram encaminhados a propriedades rurais

Por Kímberlly Kappenberg 19-11-2019 | 17:32:17

Durante a quinta edição do ano do projeto de Adoção de Cavalos da Prefeitura, realizado na tarde desta terça-feira (19), 13 animais foram encaminhados para um novo lar. Os equinos estavam recebendo cuidados na Hospedaria Municipal de Grandes Animais, administrada pela Secretaria de Serviços Urbanos e Infraestrutura (Ssui), após serem recolhidos por causa de maus-tratos ou por estarem soltos em via pública.

Seis produtores adotaram 13 cavalos - Fotos: Michel Corvello

Desta vez, seis produtores rurais participaram do processo, que consiste de um sorteio entre os interessados, a fim de definir a ordem de escolha dos cavalos. Após, eles precisam assinar o Termo de Adoção, no qual se comprometem a não usar o animal para trabalho de tração, e com a condição de que permaneça no campo. 

Os novos proprietários se responsabilizam ainda pelos exames para detectar a anemia infecciosa e o mormo, que são exigência da Secretaria Estadual de Agricultura para emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA). 

Esta foi a segunda vez que o aposentado Eraldo Duval participou da adoção. Há dez meses ele havia levado para seu sítio, em Arroio do Padre, uma égua. Agora, foi a vez de dar casa nova para um pônei.

“A égua está linda e forte porque é bem tratada. Hoje vim buscar o pônei pro meu neto; vai ser um presente pra ele”, contou Duval, que disse apoiar esse tipo de iniciativa da Prefeitura como forma de cuidar melhor dos equinos e garantir seu bem-estar.

Hospedaria Municipal

Na Hospedaria, animais recebem tratamento veterinário e alimentação - Fotos: Michel Corvello

Após serem retirados das ruas, cavalos, éguas e pôneis vão para a Hospedaria – ou, antes, para o Hospital Veterinário da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) quando há ferimentos e sinais de maus-tratos. No serviço da Prefeitura recebem tratamento veterinário e alimentação, com consumo médio de 3,2 mil quilos de ração por mês, além de alfafa e pasto. 

Os equinos são chipados, através de parceria com o Hospital Veterinário, para que haja acompanhamento da sua localização e condições físicas. Até hoje, nenhum dos animais apreendidos pela Ssui estava com o chip, o que é indicativo da eficácia do projeto de adoção.

O dono do cavalo tem um prazo de 30 dias para se apresentar. Dentro desse período, pode reaver o animal após pagar multa no valor de uma Unidade de Referência Municipal (URM), equivalente a R$ 114,98. Todavia, esse procedimento não ocorre em casos de maus-tratos.

Os interessados em participar das adoções devem comparecer na sede da Hospedaria de Grandes Animais, no km 75,1 da BR-392, na saída para Canguçu – próximo ao Canil Municipal —, das 13h45min às 17h, portando um documento de identificação com foto e o talão de produtor rural, e realizar o cadastro. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (53) 3271-9244.

Apreensão de animais

Apenas nos últimos 20 dias, a equipe de Apreensão de Animais recolheu 11 cavalos, nos mais variados pontos da cidade: avenidas Bento Gonçalves, São Francisco de Paula e Ildefonso Simões Lopes, Associação Rural de Pelotas e na praça Cipriano Barcelos.

Cavalo estava solto na avenida Bento Gonçalves - Fotos: Divulgação/Ssui

O serviço é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. São recolhidos apenas os cavalos soltos em via pública. Os que estão amarrados – se não colocarem em risco a circulação –, são deixados. Há ainda os casos específicos de violência e falta de cuidados, que chegam por meio da Secretaria de Qualidade Ambiental (SQA).

Denúncias de cavalos soltos na rua ou que sejam vítimas de maus-tratos podem ser feitas à Ssui pelo telefone (53) 3271-9244; à SQA, pelo (53) 3227-1642, ou à 3ª Companhia Ambiental da Brigada Militar (antiga Patram), pelo telefone (53) 3309-5380.

Tags

adoção de cavalos, hospedaria municipal, apreensão de animais, cavalos, doação, produtor rural

Carregando 0%