ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Pelotas retorna à bandeira vermelha no Distanciamento Controlado

Prefeita não irá recorrer da decisão do governo estadual

Por Vitória Leitzke 31-07-2020 | 19:35:41

Pelotas retornou para a bandeira vermelha do Distanciamento Controlado do Governo do Estado nesta sexta-feira (31). De acordo com a divulgação preliminar da 13ª semana do modelo, com vigência entre os dias 4 e 10 de agosto, a região Sul voltou para risco alto para o novo coronavírus após uma semana de bandeira laranja, através de recurso. A prefeita Paula Mascarenhas anunciou que não irá recorrer da decisão.

Arte: Governo do Estado

Segundo a divulgação preliminar do governo estadual, a região teve piora nos índices de “variação no número de internados por SRAG em UTI”, de “variação no número de confirmados em UTI” e de “razão entre casos ativos na semana e recuperados no início da semana”. Entretanto, teve melhora nos índices de “variação no número de internados por SRAG em UTI”, de “novas hospitalizações Covid/população” e de “número de leitos livres para cada leito ocupado Covid”. Com isso, a região se mantêm em bandeira vermelha.

Sem recurso

Paula anunciou, ainda nesta sexta, que não irá recorrer da decisão do governo estadual, devido ao notável agravamento da situação no município e na região. “A nossa intenção é poder, na semana que vem, recuar, pedindo as pessoas para fazerem o isolamento social e nos ajudem a superar, mais rápido, essa crise sanitária”, destaca.

“Pelotas decide não recorrer porque estamos verificando um agravamento dos casos, um aumento nas internações, uma ocupação maior nos nossos leitos de enfermaria e UTI que não nos autorizam flexibilizar ou pedir flexibilização das atividades econômicas”, acrescenta a prefeita.

12 regiões estão em bandeira vermelha

Além de Pelotas, as regiões de Santo Ângelo, Santa Rosa, Bagé e Lajeado passaram de risco médio para alto da propagação do coronavírus. Juntando-se com Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Caxias do Sul, o Rio Grande do Sul passa a ter 12 regiões em bandeira vermelha no modelo.

Nesta rodada, apenas Capão da Canoa teve redução do risco, indo para bandeira laranja junto a Santa Maria, Uruguaiana, Cruz Alta, Ijuí, Erechim, Cachoeira do Sul e Santa Cruz do Sul. De acordo com o governo do Estado, houve uma relativa estabilização em diversos indicadores no Rio Grande do Sul, exceto do “número de óbitos”, além disso, com a abertura de novos leitos, houve um aumento na quantidade de leitos livres. Mesmo assim, o Estado se mantêm em alerta em relação ao sistema de saúde, visto que a média segue ainda abaixo de um leito livre para cada ocupado, não permitindo, assim, acelerações no número de internações pela doença.

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram, Twitter e canal WhatsPel.  

Tags

distanciamento controlado, bandeira vermelha, coronavírus, região, covid, fique em casa, risco alto

Carregando 0%