ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Gabinete da Prefeita

Prefeita debate desafios na pandemia com diretores de escolas

Reunião on-line, entre Paula, equipes diretivas e gestores da Secretaria de Educação e Desporto (Smed), ocorreu nesta terça (4)

Por Paulo Ienczak 04-08-2020 | 14:24:49

Na manhã desta terça-feira (4), por meio de videoconferência, a prefeita Paula Mascarenhas conversou com diretores das escolas municipais de Pelotas sobre os desafios enfrentados para manter os vínculos com os alunos durante a pandemia do novo coronavírus. Cada representante de equipe diretiva falou, em tempo real, sobre a realidade de sua comunidade, as necessidades dos estudantes, e medidas que poderão ser adotadas com o objetivo de otimizar o trabalho das instituições de ensino.

'Estamos no momento mais grave da pandemia em Pelotas até agora, e não temos previsão nenhuma de retomada', disse Paula Fotos: Gustavo Vara
“Essa reunião não é para tratar de um retorno das atividades presenciais nas escolas. Estamos no momento mais grave da pandemia em Pelotas até agora, e não temos previsão nenhuma de retomada, por enquanto. O esforço de todos os funcionários e professores da rede municipal é para manter os alunos 'linkados' com a escola; é isso que precisamos discutir na atualidade: como conduzir o trabalho da melhor maneira”, elucidou a prefeita.

Respeito a cada realidade

Acerca do respeito à realidade de cada educando, Paula expôs a preocupação da Secretaria de Educação e Desporto (Smed) para o momento pós-pandemia, em que o ano letivo continuará atípico e será preciso planejamento para a volta das aulas presenciais. “É preciso manter o vínculo dos alunos agora, mas já pensar no futuro. O momento é difícil, e haverá consequências no processo de aprendizagem. Precisamos pensar como será essa reinserção”, analisou. 

Entre os principais desafios elencados pelo grupo de diretores está a diferença social entre as escolas do município. Na zona rural, por exemplo, alunos e professores enfrentam problemas com a qualidade do sinal de internet. Em diversos educandários, há profissionais da educação com dificuldades para acessar as ferramentas em tempo real, que permitem o desenvolvimento dos ensinamentos remotos.

Capacitação de professores

Sobre a questão da formação em mídias digitais, o secretário de Educação e Desporto, Artur Corrêa, citou o Centro Tecnológico Educacional de Pelotas (Cetep), que oferece qualificação na área para os professores da rede. “Flexibilizamos horários para que os professores pudessem realizar os cursos de uso dos meios digitais na educação escolar, antes da pandemia. Os que participaram dessa formação têm mais facilidade agora, mas ainda é preciso capacitar mais professores municipais”, disse. 

“Faremos uma pesquisa, via Smed, para encontrar o melhor método de capacitação e formação no uso das ferramentas digitais, para preparar melhor os professores da rede. É uma necessidade no contexto da pandemia, que surpreendeu a todos”, antecipou Paula. 

Controle e atenção especial

Parte dos estudantes, tanto da zona urbana quanto na rural, não realiza as atividades propostas por falta de acesso aos sites, computadores ou celulares para estudar os conteúdos. A alternativa está nas tarefas impressas, entregues em casa ou retiradas nas escolas pelos alunos ou responsáveis. Com o avanço do coronavírus em Pelotas, e o consequente risco que a circulação de pessoas traria para as famílias e funcionários das unidades, a opção pelo material impresso está descartada pela Smed no momento. 

Equipes mantêm um controle de todos os que não participam de nenhuma prática ou exercício proposto durante a pandemia, para que recebam uma atenção especial quando as aulas forem retomadas no espaço físico dos educandários.

Paula Mascarenhas: audiências periódicas com diretores e gestores para pensar estratégias Foto: Gustavo Vara

“Para aqueles que, por qualquer motivo, não estão inclusos nas tarefas remotas, será preciso uma dedicação redobrada, que garanta a reinserção. Por isso, todas as escolas registram dados desses estudantes, com a meta de efetivar esse acompanhamento”, explicou a diretora de Ensino da Smed, Loreni Peverada. 

A prefeita deverá efetuar, periodicamente, audiências com dirigentes de cada unidade da rede e gestores da Secretaria, a fim de acompanhar o trabalho desenvolvido, durante o período de contágio pelo vírus, e pensar estratégias em conjunto.

“Mesmo antes da pandemia, poderíamos ter utilizado uma plataforma on-line como essa, que facilita o encontro de todos os diretores. Acho que é um lado bom de todo esse momento, e vamos continuar nos reunindo para trocar ideias e pensar projetos para nos ajudar a passar por essa fase, de reinvenção da educação”, decidiu a chefe do Poder Executivo local.

Confira as fotos da reportagem no Flickr da Prefeitura.

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram, Twitter e canal WhatsPel.

Tags

diretores escolas municipais, prefeita paula mascarenhas, pandemia, novo coronavírus, debate, gestores da smed, desafios da educação, deliberações

Carregando 0%