Sobre o Auxílio Emergencial Pelotense

Valor do Benefício

4 parcelas de R$ 200,00


Pagamento

Cronograma será divulgado a partir de 20/09

Para quem é destinado o Auxílio Emergencial Pelotense:

Mulheres provedoras de família que estejam até 18/08/2021 registradas no Cadastro Único de Benefícios Sociais como responsáveis pela unidade familiar, com renda per capita familiar mensal de até R$ 178,00, não sejam beneficiárias do Bolsa Família nem tenham recebido o auxílio emergencial do governo federal.

Faça já a sua consulta

Por aqui você pode checar se há ou não inscrição no Cadastro Único nos critérios previstos para recebimento do Auxílio Emergencial Pelotense e o que você precisa fazer.

A partir de 20/09 você poderá consultar o status do seu benefício (se você foi contemplada), caso atenda aos requisitos para recebimento.

Para consultar sua situação escolha uma opção de pesquisa abaixo:

Voltar para opções de pesquisa
Voltar para opções de pesquisa
Olá
Você está inscrita no Cadastro Único e preenche os critérios para receber o Auxílio Emergencial Pelotense.

Porém, precisará atualizar os dados para confirmar as condições exigidas pelo Auxílio. Para isso, pedimos que compareça no período de 8/9/2021 a 17/9/2021, no Pelotas Parque Tecnológico (Avenida Domingos de Almeida, nº 1785 - Areal), das 8h às 17h.

Não esqueça de levar os seguintes documentos originais:

a) seu documento oficial de identidade com foto;

b) seu Cadastro de Pessoa Física (CPF);

c) pelo menos um documento de identidade original de cada componente familiar;

d) comprovante de residência atualizado;

e) comprovante de renda se houver;

*Na hipótese de se tratar de mulher vítima de violência doméstica e familiar, além dos demais documentos citados acima, você deve apresentar a medida protetiva ativa aplicada nos últimos 12 (doze) meses e expedida até 18/08/2021.

Olá
Você NÃO está inscrita no Cadastro Único para fins de recebimento do Auxílio Emergencial Pelotense.

Atenção:

Se você reside em Pelotas, é mulher responsável pela unidade familiar, tem renda per capita de até R$178,00, não recebe bolsa-família, seguro-desemprego ou outro benefício previdenciário, nem tenha recebido auxílio emergencial do governo federal e se perdeu o vínculo formal de emprego nos últimos 12 meses, você poderá se inscrever no Cadastro Único para solicitar o pagamento do Auxílio Emergencial Pelotense.

Para isso, precisará comparecer no período de 8/9/2021 a 17/9/2021, no Pelotas Parque Tecnológico (Avenida Domingos de Almeida, nº 1785 - Areal), das 8h às 17h.

Não esqueça de levar os seguintes documentos originais:

a) seu documento oficial de identidade com foto;

b) seu Cadastro de Pessoa Física (CPF);

c) pelo menos um documento de identidade original de cada componente familiar;

d) comprovante de residência atualizado;

e) comprovante de renda se houver;

*Na hipótese de se tratar de mulher vítima de violência doméstica e familiar, além dos demais documentos citados acima, você deve apresentar a medida protetiva ativa aplicada nos últimos 12 (doze) meses e expedida até 18/08/2021.

Perguntas e Respostas

O que é o Auxílio Emergencial Pelotense?

O programa criado pela prefeitura tem o objetivo de reduzir os efeitos sociais e econômicos gerado pela pandemia da Covid-19.

Quem poderá receber?

Mulheres responsáveis pela unidade familiar em condição de pobreza e vulnerabilidade, que se enquadrem nestes quesitos:

- inscrição realizada até o dia 18/08/2021 no Cadastro Único;
- residência comprovada em Pelotas;
- renda familiar per capita de até R$ 178,00;
- não seja beneficiária do bolsa-família;
- não tenha recebido o auxílio emergencial do governo federal;
- não seja beneficiária de seguro-desemprego ou receba benefícios previdenciários de qualquer natureza.

A mulher que não for responsável pela unidade familiar poderá receber?

Essa situação será desconsiderada apenas para a mulher vítima de violência doméstica e familiar. Havendo esse enquadramento, além dos demais documentos exigidos deverá ser apresentada a medida protetiva ativa aplicada nos últimos 12 meses e expedidas até o dia 18/08/2021.

E a mulher que não estava inscrita no Cadastro Único tem alguma possibilidade de recebimento?

Na hipótese de se tratar de mulher que preenche as demais condições e que perdeu o vínculo formal de emprego nos últimos 12 meses (devidamente comprovado) poderá se inscrever no Cadastro Único e solicitar o pagamento do Auxílio.

Quantas pessoas poderão receber o benefício?

Até 1500 famílias em situação de vulnerabilidade (mulheres chefes de família).

Há fatores preferenciais para recebimento?

O maior número de membros da unidade familiar será considerado como fator preferencial para a concessão do Auxílio.

Qual o valor do benefício?

A beneficiada receberá R$ 800,00 ao total. Serão pagas em 4 parcelas de R$ 200,00.

A beneficiada pode receber o auxílio pelotense mesmo que receba o estadual?

Sim, pois os benefícios não são excludentes.

Quando começa a ser pago e quando termina?

A partir de 20 de setembro será divulgado o calendário de pagamento com o pagamento de 4 parcelas iguais, mensais e consecutivas.

Qual o valor total que o Município irá investir no programa?

Serão repassados até R$ 1,2 milhão em forma de benefício social.

O que é preciso fazer para receber o Auxílio Emergencial Pelotense?

A interessada deverá atualizar o seu cadastro no período de 8/9 a 17/09, das 8h às 17h, na sede do Pelotas Parque Tecnológico (Avenida Domingos de Almeida, nº 1785 - Areal), portando os seguintes documentos originais:

a) documento oficial de identidade com foto;
b) Cadastro de Pessoa Física (CPF);
c) pelo menos um documento de identidade original de cada componente familiar;
d) comprovante de residência atualizado (Luz, água, telefonia, etc);
e) comprovante de renda se houver;

*Na hipótese de se tratar de mulher vítima de violência doméstica e familiar, além dos demais documentos citados acima, você deve apresentar a medida protetiva ativa aplicada nos últimos 12 (doze) meses e expedida até 18/08/2021.

Para informações oficiais sobre o Auxílio Emergencial Pelotense, acesse: