ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Pacto Pelotas pela Paz

Leitura entre pais e filhos é capaz de prevenir a violência

Programa ‘Conte Comigo’, do Pacto Pelotas pela Paz, está presente em unidades de Educação, Saúde e Assistência Social do Município

Por Luiza Meirelles 02-12-2019 | 11:15:39

O programa Conte Comigo, do Pacto Pelotas pela Paz, alcança dezenas de famílias pelotenses ao incentivar o compartilhamento de livros para fortalecer os vínculos afetivos, estimular o diálogo entre pais e filhos e, consequentemente, buscar prevenir a violência na cidade. A iniciativa chega a escolas, unidades de saúde e assistência social, envolvendo professores, enfermeiros e psicólogos, que se reúnem, semanalmente, com os participantes para fomentar a presença dos livros na rotina dos lares dos pelotenses.

Nesta segunda-feira (2), no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Fragata, a importância das crianças falarem e entenderem sobre os relacionamentos humanos pautou o encontro entre a psicóloga Cristiane de Campos e as mães integrantes do grupo. O livro "Tudo está bem quando termina bem" – entregue às famílias para compartilharem em casa – narra a história de duas crianças que têm diferentes experiências com outras pessoas e são confrontadas com sentimentos, às vezes, frequentes no dia a dia, como mágoa, raiva, preocupação e afeto.

Psicóloga Cristiane e mães integrantes do grupo, no Cras Fragata, com a obra 'Tudo está bem quando termina bem' – Foto: Divulgação

‘Conte Comigo’ trabalha emoções de pais e filhos

Programa fortalece vínculos e melhora a comunicação

“A obra é uma boa oportunidade para falar com os filhos sobre relações do cotidiano. Ao conseguir dialogar e entender os relacionamentos, bem como as motivações dos sentimentos e atitudes, as crianças passam a conviver melhor em casa, na escola… Além de ver que é possível conversar para resolver os conflitos”, explicou a psicóloga.

Cristiane lembrou técnicas já repassadas em encontros anteriores – este foi o sétimo do grupo –, tais como a relevância de ser sempre positiva durante o compartilhamento dos exemplares, incentivando o interesse dos pequenos; de enriquecer o que eles estão falando, a fim de ajudar no desenvolvimento do raciocínio lógico e da comunicação; e de conectar as partes das histórias, fazendo associações com a realidade vivenciada em suas rotinas.  

No Conte Comigo, livro é ferramenta essencial ao diálogo e conexão nos lares – Foto: Janine Tomberg

Reflexo no dia a dia

O fortalecimento da amizade com os filhos, a diminuição da agressividade e ansiedade, por parte das crianças, e o aumento significativo de palavras em seus vocabulários estão entre os pontos positivos relatados pelas mães. 

O que é o Conte Comigo?

Com eficácia comprovada em países como Inglaterra, Estados Unidos e África do Sul, no Brasil, o Conte Comigo é feita de forma pioneira em Pelotas, por intermédio da estratégia Infância Protegida. A metodologia, que já beneficiou mais de 120 famílias pelotenses, diferencia-se da contação de histórias habitual por tornar a criança peça fundamental na construção da narrativa, trabalhando, desta forma, a sua imaginação e criatividade, bem como o seu desenvolvimento cognitivo.  

O livro torna-se, desta forma, ferramenta essencial para o estabelecimento de diálogo e conexão entre pais e filhos. Sem textos, a publicação traz imagens coloridas e atrativas, que despertam a curiosidade das crianças e estimulam a interação. A orientação é repetir a prática de compartilhamento de obras todos os dias, no mínimo, por dez minutos.

Política pública

A psicóloga do Cras integra o grupo de 21 facilitadores recém-formados no Município. Destes, três são área da Saúde, cinco da Assistência e 13 da Educação. Seis professoras utilizaram as técnicas com seus alunos em sala de aula; os demais mantêm grupos com as famílias para aplicar o conhecimento adquirido.

Confira as fotos da reportagem no Flickr da Prefeitura.

Tags

conte comigo, pacto pelotas pela paz, livros, saúde, educação, assistência, segurança, leitura compartilhada, pais e filhos, promoção do diálogo, prevenção da violência

Carregando 0%